Publicado por: PCdoB-PG | 05/12/2012

O PCdoB para conquistar Ponta Grossa

65 pcdob

Documento apresentado na reunião do Comitê Municipal no dia 1º de dezembro de 2012.

*Thiago Moro

Tivemos um processo de debate intenso, discussões acaloradas, dramaticidade e muito tensionamento no processo pré-eleitoral.
Após o término das disputas eleitorais e dentro do processo de acumulação de forças, podemos dizer que o partido fez a escolha correta ao priorizar o seu projeto político principal que era a eleição de pelo menos um representante na Câmara Municipal de Ponta Grossa.

O PCdoB conquistou um total de 9.496 votos (5,47%). Muito possivelmente essa votação teria sido bem menor caso tivéssemos insistido no projeto solo, sem estrutura mínima para as candidaturas proporcionais, o que foi cumprida pela coligação de acordo com o combinado.

Tomamos por exemplo o PV, com quem conversamos no período pré-eleitoral afim de formarmos uma aliança. Os Verdes lançaram um total de 34 candidaturas e fizeram 7.274 votos (4,19%), ficando sem eleger nenhum representante, pois faltou pouco mais de duzentos votos para que conseguissem o coeficiente eleitoral, mesmo com estrutura mínima cedida pela campanha majoritária do PDT a qual apoiavam.

Caso houvesse acontecido a coligação PCdoB/PV, a chapa teria eleito dois representantes, sendo um de cada partido.
Como todos já sabem, elegemos dois representantes: Aliel Machado e Antonio Aguinel, aonde cada voto no 65 foi fundamental para essa conquista coletiva do nosso Partido.

Estivemos desde o primeiro turno na campanha de Péricles de Mello (PT) e apesar de todas as criticas que possamos ter em relação ao PT e a administração passada deste frente a prefeitura de Ponta Grossa, podemos avaliar que essa era a melhor candidatura a ser apoiada, do nosso campo político e com possibilidade eleitoral.

O PCdoB esteve com Péricles não por oportunidade de última hora. O PCdoB fez parte da coligação porque acredita que os partidos de sustentação do governo Dilma devem caminhar juntos, numa grande frente popular (como pensou João Amazonas), para impulsionar avanços necessários para tornarmos o Brasil cada vez mais soberano e ao mesmo tempo atender e priorizar a parcela da população mais necessitada e oprimida.

O PCdoB como partido e através de seus mandatos que devem expressar a cara da legenda para a sociedade, deve permanecer no campo da oposição municipal, fazendo uma oposição consciente e crítica, lutando sempre pelo que acreditamos ser melhor para nossa cidade, para o nosso Estado e para o nosso País. Desta forma, não temos como andar juntos com um governo apoiado pelo tucano Beto Richa e demais forçar conservadoras que tendem a andar juntas pela derrocada do projeto nacional em vigor. O PCdoB deve ainda, ser o grande articulador da oposição municipal, dialogar com as demais forças políticas da cidade com vistas a colocar o município no campo progressista e popular.

O PCdoB tem e apresentou ao eleitorado as suas propostas coletivas para a Câmara Municipal (em anexo no documento) e quer fazer cumpri-la através dos seus dois mandatos conquistados, com o apoio de todos os quadros partidários, dentro da proposta do Mandato Coletivo, com a formação dos chamados “coletivo de mandato” de cada vereador.

De toda a forma, o PCdoB deve manter acesa a chama da construção de uma candidatura majoritária do partido em Ponta Grossa. O planejamento deve trazer a possibilidade concreta de chegarmos ao Palácio da Ronda em 2020 ou 2024. Todo este processo de acumulação deve passar pelas eleições estaduais já de 2014, aonde deveremos apresentar pelo menos uma candidatura a deputado estadual e uma a deputado federal.

É preciso debater mais e melhor a cidade. Nosso programa para o município deve estar constantemente na pauta e ser sempre aprimorado. Por isso é importante realizarmos mais seminários, palestras, cursos sobre os mais diversos temas, chamando pessoas da comunidade para colaborar neste processo.

É preciso também mergulhar ainda mais nos movimentos sociais. Somos um partido da luta diária e não apenas no período eleitoral e através de seus mandatos conquistados. Precisamos participar mais, atuar mais junto aos movimentos e dar apoio a esses através de nossos mandatos, mantendo a autonomia de cada um. É preciso reforçar nossos quadros partidários com lideranças ligadas aos mais diversos movimentos, estudantil, sindical, de moradia, ambiental, lgbt, mulheres, negros, etc.

O partido também precisa ser mais cuidado. Não podemos cair no erro de dedicarmos todas as nossas forças aos mandatos parlamentares, a vida institucional e esquecermos o partido. É esse que tem que dar a sustentação para as demais atividades. É preciso fortalecer a direção municipal, melhorar a sua organização, cada secretaria funcionar bem, com um projeto de finanças consciente e com um calendário de atividades estabelecido.

Para o partido ser mais e melhor cuidado, é fundamental cuidar dos seus quadros, de seus militantes. O partido municipal deve realizar cursos de formação de acordo com as diretrizes da Escola Nacional do PCdoB, apoiar a participação de seus membros nesses cursos realizados em outras localidades e incentivar a participação nos seminários e debates sobre a cidade e os mais diversos temas.

2013 é ano do 13º Congresso do PCdoB. É ano de intenso debate sobre as teses e os rumos que nosso partido deve seguir nos próximos 04 anos. É ano de eleição para as novas direções partidárias municipais, estaduais e para o nosso Comitê Central.
O PCdoB de Ponta Grossa deve realizar plenárias e encontros para debater as teses partidárias e trabalhar para ter mais espaço junto a direção estadual, eleger delegados para participar da plenária nacional representando todos os camaradas do município.

Entre erros e acertos, podemos afirmar que o partido em Ponta Grossa saiu vitorioso deste processo eleitoral que findou a pouco. Mas este é só o começo de nossa batalha. É preciso estar organizados para as novas e maiores lutas que estão por vir. O projeto é audacioso e para chegarmos ao objetivo iremos precisar da ação de cada um de nossos militantes.

*Thiago Moro é presidente municipal do PCdoB.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: