Publicado por: PCdoB-PG | 21/12/2011

PCdoB questiona aumento salarial de vereadores em PG

A Cidade de Ponta Grossa tem muitos problemas que exigem resposta concreta, antes de discutir aumento salarial para os vereadores, secretários municipais e o Prefeito. O Comitê do PCdoB em Ponta Grossa cobra respeito quanto à proposta que tramita na Câmara Municipal e deve onerar o contribuinte.

O atual salário dos vereadores (R$ 7.430,00), dos secretários municipais (R$ 8.330,40) e de Prefeito (R$ 16.660,81) já é mais que suficientes, se comparados com a média salarial e as reais condições de vida de mais de 90% da população de Ponta Grossa.

É inadmissível que, enquanto a saúde pública deixa milhares de usuários esperando em filas na busca de atendimento – para não esquecer o problema mais preocupante na Cidade – os vereadores decidam aumentar os próprios salários, chegando a um acréscimo direto nos cofres públicos a partir de janeiro de 2013, conforme prevê proposta na Câmara.

A justificativa de que os vereadores precisam ter a reposição do índice inflacionário é uma alegação pouco convincente, uma vez que a Câmara não presume qualquer cobrança de horário de trabalho e obrigações cotidianas de responsabilidade dos servidores públicos. Além disso, não se pode esquecer que, hoje, cada vereador dispõe de quatro assessores, linha telefônica convencional, telefones celulares e sequer prestam informações públicas do que gastam mensalmente com tais serviços.

Enquanto não houver transparência total de todos os gastos registrados na Câmara, os vereadores não garantirem um trabalho de fiscalização independente e eficaz do que acontece na Prefeitura de Ponta Grossa, o PCdoB local não concorda com qualquer proposta de aumento salarial e vai questionar toda e qualquer iniciativa que visa favorecer os atuais representantes públicos.

A direção do PCdoB convida, assim, os representantes e dirigentes de todos os partidos políticos que mantêm vereadores na Câmara Municipal de PG para discutir e cobrar de seus eleitos responsabilidade e compromisso público na administração da Cidade. E, da mesma forma, convida as dirigentes partidários que não possuem vereadores no legislativo local a se manifestar publicamente diante do iminente aumento salarial na Câmara de Ponta Grossa

Silenciar, diante desta situação, equivale a concordar com a falta de fiscalização hoje registrada, frente às inúmeras situações bancadas pelo poder executivo, sem debate público e prestação de contas aos eleitores e contribuintes do Município. O dinheiro público merece respeito. Por fim, o PCdoB convida todos os cidadãos para se manifestarem, cobrando, seja através da imprensa ou redes sociais, aos atuais vereadores e dirigentes partidários, ou de outras formas populares, para questionar e buscar meios de barrar a proposta de aumento salarial dos vereadores.

Afinal, como boa parte dos atuais legisladores devem se apresentar como candidatos à reeleição, apostando na permanência na Câmara, equivale a legislar em causa própria, e futura, em detrimento da busca de solução aos reais problemas enfrentados pela maioria da população de Ponta Grossa.

Comitê Municipal do PCdoB – Ponta Grossa, 21/12/2011

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: