Publicado por: PCdoB-PG | 30/11/2011

PCdoB questiona aumento do pedágio rodoviário e pede que Governador honre compromisso eleitoral

O aumento nas tarifas do pedágio rodoviário no Paraná, confirmado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para dia 1º de dezembro próximo, elevando os preços em 4,53%, revela que a promessa do outrora candidato Beto Richa (PSDB), de que iria reduzir os altos valores através de negociação, ainda não passou de discurso de campanha em 2010. A promessa de que a negociação seria o caminho, ao menos até o momento, sequer indica viabilidade, pois desta vez as concessionárias nem precisaram acionar a Justiça para garantir o aumento que pesa no bolso dos paranaenses.

Com a confirmação do aumento pelo Governo do Estado, o Paraná mantém-se como um dos estados com as tarifas percentuais mais altas do País. A comparação com o vizinho Estado de Santa Catarina confirma que os preços nas tarifas cobradas no Paraná, em vigor desde o Governo Lerner (PFL e depois DEM: 1994-2002) precisam ser revistos com urgência, pois oneram a economia Paranaense. Se para fazer os 120 km que ligam Curitiba a Joinville o usuário paga R$ 2,80 nas duas praças de pedágio, para fazer os 110 km entre Ponta Grossa e Curitiba é preciso desembolsar, a partir de 1º de dezembro, R$ 14,80 apenas para o caminho de ida. Uma comparação que dispensa comentário e justificativa por parte dos partidos que até hoje insistem em defender as altas tarifas no Estado. A manutenção de baixas tarifas em SC também indica a margem de lucro que as concessionárias devem ter no Paraná.

Diante desta situação, o Comitê Municipal do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) em Ponta Grossa lança um desafio aos 54 deputados estaduais para que honrem o voto recebido de cada eleitor, e busquem, imediatamente, uma forma de colocar limites na cobrança de altas taxas de pedágio rodoviário. A população não pode mais esperar por discursos e promessas que só ganham espaço na mídia em tempos de disputa eleitoral. É preciso honrar o mandato e respeitar a população. O mesmo desafio vale ao Governador do Estado.

A direção do PCdoB em Ponta Grossa também faz um chamado aberto à população para ficar em alerta, pois 2012 é o ano de encerramento dos contratos que criaram os pedágios rodoviários no Paraná. E a população não pode ficar refém por mais 10 anos de regras que beneficiam alguns poucos grupos empresariais e oneram a vida de milhões de paranaenses. É preciso limitar estas altas tarifas, através de um novo contrato, em sintonia com os valores de mercado da Região Sul, como hoje acontece em Santa Catarina, com os contratos firmados pelo Governo Federal em 2008 e 2010.

A população precisa de representantes que respeitem o direito de ir, vir e pagar apenas por tarifas condizentes com a economia regional, viabilizando o deslocamento de milhares de pessoas que, nas atuais circunstâncias, não têm condições de pagar tanto por um serviço que, em Santa Catarina, tem valores médios de apenas 20% do que se cobra em praças de pedágios paranaenses.

Para finalizar, o PCdoB convida os dirigentes de todos partidos políticos com base e direção em Ponta Grossa para discutir o assunto com a população e encontrar formas de resolver o problema na Região e no Estado. Esta é a razão de existir de um partido político no Brasil: representar os interesses dos eleitores e do conjunto da população.

Comitê Municipal do PCdoB em Ponta Grossa – Ponta Grossa, 30 de Novembro de 2011.

Anúncios

Responses

  1. É isso aí. Um Partido com posição política e posicionamento firme em defesa e da mobilização do povo!
    sugestão: incorporar a luta contra a privataria da Estado.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: